Rondônia está no mapa da prostituição infantil do País - NoticiaDaki - Informação de qualidade |

Rondônia está no mapa da prostituição infantil do País

Assessoria, 21/05/2018 11h54

  Imprimir
 
 (Foto: Assesoria) Ampliar imagem:  (Foto: Assesoria)
Foto: Assesoria

Um estudo realizado pela Polícia Rodoviária Federal em parceria com a ONG Childhood Brasil divulgado no início desta semana mostra que existem 2,4 mil pontos vulneráveis à exploração sexual de crianças em suas rodovias federais. Rondônia aparece negativamente nessas estatísticas como sendo o 6º do ranking dentre os Estados com mais municípios com pontos críticos, considerando aquelas cidades com 5 ou mais pontos críticos.

O estudo completo divulgado na página do Ministério dos Direitos Humanos não detalha quais são os municípios do Estado (ou os trechos das rodovias federais) onde existem os pontos críticos, mas traz outro dado importante: os estados da região Norte foram os que mais cresceram em números de pontos críticos com prostituição infantil, saindo dos 160 para 404, em relação ao estudo feito entre o período de 2013/2014.

Outro dado importante da pesquisa e que entre as rodovias com maior possibilidade de ocorrência de exploração sexual de crianças e adolescentes está a BR 364 que atravessa todo o Estado de Rondônia e os postos de combustíveis (onde há parada de caminhoneiros vindos ou se deslocando para outros estados) são considerados como os pontos nevrálgicos dessa exploração.

Veja o que diz o estudo sobre esses locais:

“Em todas as regiões a maior parte dos pontos vulneráveis à ESCA encontra-se na área urbana. Uma hipótese para isso é que esta localização facilita o acesso e a movimentação de pessoas. Por isso, a interação entre as vítimas e agressores tende a ser maior. São ambientes propícios para a ocorrência de tal crime”.

Além dos postos de combustível estão bares, casas de show, postos fiscais, praças, pontos de carga e descarga, e postos policiais.

 

     

   © Copyright 2009 | 2018    Política de privacidade     Fale conosco  |   Anuncie conosco  |