Governador empossa novo comandante da PM e ordena retorno de militares em desvio de função - NoticiaDaki - Informação de qualidade |

Governador empossa novo comandante da PM e ordena retorno de militares em desvio de função

Assessoria, 11/04/2018 11h30

  Imprimir
 
 (Foto: Assessoria) Ampliar imagem:  (Foto: Assessoria)
Foto: Assessoria

O coronel Mauro Ronaldo Flores Correa é o novo comandante-geral da Polícia Militar (PM) de Rondônia. A cerimônia de troca de comando ocorreu nesta terça-feira (10) e foi presidida pelo governador Daniel Pereira no quartel geral da corporação. Flores assumiu no lugar do coronel da PM Enedy Dias de Araújo. O subcomando também foi trocado. Saiu Clairton Pereira da Silva deixa o subcomando e entrou o coronel PM Rildo José Flores.

O novo comandante destacou a escolha e o trabalho realizado para chegar ao projeto que começa a ser implantado. “Resta a nós fazermos com que os índices de criminalidade no estado de Rondônia sejam reduzidos. Para isso, estamos com a nossa tropa, a melhor tropa de policiais militares do Brasil, pronta para as missões e colocar os projetos em práticas”, ressaltou o coronel Flores.

Essa substituição do comando já havia ocorrido no último dia 28 de fevereiro, mas foi desfeita após seis dias. Já na sexta-feira (6), quando assumiu o governo em definitivo, Daniel Pereira concretizou as indicações.

Sobre o antigo comandante, Daniel destacou: “o coronel Ênedy conseguiu bastantes inovações, a cada uma delas, principalmente aquelas que precisavam de processo legislativo, e espero que o coronel Ronaldo Flores dê continuidade a esse trabalho e aprimore. Confio muito no trabalho e dedicação do novo comandante”, disse o governador.

O ex-comandante Ênedy Dias relata que sai com a sensação de dever cumprido. “A sensação é de ter me esforçado ao máximo para cumprir nossa missão, era sonho ser comandante-geral. Quero agradecer ao nosso ex-governador Confúcio Moura e ao governador Daniel Pereira, que possibilitou que houvesse essa passagem de comando, e desejo muito sucesso ao coronel Ronaldo, um oficial da Polícia Militar, e que todos estão em boas mãos”.

Ainda durante a cerimônia, o governador pediu para que os policiais militares, civis e bombeiros, que estejam em desvio de função, que se apresentem até a próxima sexta-feira (13). “Trata-se de uma preocupação de cuidar bem da nossa população. Então, nós temos alguns policiais militares, civis, bombeiros, profissionais da Polícia Técnica que não estão em atividades fins e que não estão ocupando cargo superior. A eles, nós pedimos que retornem à corporação e venham nos ajudar a reforçar essa missão difícil que é defender a população”, enfatizou o governador.

 

     

   © Copyright 2009 | 2018    Política de privacidade     Fale conosco  |   Anuncie conosco  |