Duas pessoas são assassinadas a tiros em Ariquemes em menos de 24 horas - NoticiaDaki - Informação de qualidade |
Duas pessoas são assassinadas a tiros em Ariquemes em menos de 24 horas - NoticiaDaki - Informação de qualidade |

Duas pessoas são assassinadas a tiros em Ariquemes em menos de 24 horas

Assessoria, 13/03/2018 10h54

  Imprimir
 
 (Foto: Assessoria) Ampliar imagem:  (Foto: Assessoria)
Foto: Assessoria

Os casos foram registrados entre a tarde de segunda-feira (12) e madrugada desta terça-feira (13) próximos a estabelecimentos comerciais no município de Ariquemes.

Em um dos casos, a vítima é o vigilante Antônio de Jesus Oliveira, de 53 anos, que foi morto a tiros na madrugada desta terça-feira em frente a uma loja de eletrodomésticos, localizada na Avenida Jamari, no município de Ariquemes.

De acordo com o boletim de ocorrência, o amigo de trabalho da vítima contou aos policiais que os dois estavam sentados em frente a uma loja de eletrodomésticos, onde eles trabalham como vigilantes, quando o criminoso chegou de motocicleta e sem falar nada efetuou vários disparos contra o trabalhador que morreu no local. A perícia foi acionada e encontrou sete cápsulas de pistolas deflagradas. Os policiais realizaram vários patrulhamentos, mas o criminoso não foi encontrado.

Outro caso
Já na tarde de segunda-feira (12), o jovem Bruno Herbert de Souza Silva, de 22 anos, foi morto a tiros após sair de um estabelecimento comercial, localizado na Avenida Tucanos, também no município de Ariquemes. A vítima ainda tentou fugir dos criminosos, mas não conseguiu.

De acordo com a polícia, o jovem tinha acabado de sair do bar da sua família onde teria ido pegar uma garrafa de alvejante para lavar roupas, quando os criminosos, que estavam em uma motocicleta, se aproximaram e efetuaram os primeiros disparos.

A vítima foi atingida com um tiro nas costas, tentou correr até a esquina, mas ele foi seguido pelos criminosos que atiraram mais duas vezes nas costas do jovem e fugiram.

Uma equipe do Samu foi acionada, mas quando chegou Bruno já estava morto. Próximo ao corpo, os peritos encontraram quatro cápsulas e um projétil, e no estabelecimento comercial, foram encontrados mais dois projéteis.

A Delegacia de Polícia Civil de Ariquemes, Especializada em Repressão aos Crimes Contra a Vida, já investiga os dois casos.

 

     

   © Copyright 2009 | 2018    Política de privacidade     Fale conosco  |   Anuncie conosco  |