Voluntários que vão trabalhar nas Unisp's são escolhidos pelo governo, em RO - NoticiaDaki - Informação de qualidade |

Voluntários que vão trabalhar nas Unisp's são escolhidos pelo governo, em RO

Assessoria, 07/02/2018 11h38

  Imprimir
 
 (Foto: Assessoria) Ampliar imagem:  (Foto: Assessoria)
Foto: Assessoria

"Projeto Voluntariar", do governo do estado, que recruta diversos profissionais para prestação de serviço voluntário na área da segurança pública, teve mais de 1,6 mil inscritos em Rondônia. Cinquenta candidatos passaram por uma seleção criteriosa e foram convocados. A lotação foi assinada na tarde desta segunda-feira (6), durante apresentação dos voluntários à imprensa.

Dos selecionados, 22 prestarão serviços nas Unidades Integradas de Segurança Pública (Unisp) de Porto Velho. Os demais serão distribuídos nas Unisp's do interior do estado. Segundo o secretário de segurança, Lioberto Caetano, a procura superou as expectativas.

“Não esperávamos tantos inscritos, mas agora temos um banco de talentos forte para quando ampliarmos a inciativa”, disse, acrescentando que 200 novas vagas devem ser criadas em breve.
O ouvidor da Secretaria de Segurança do Estado (Sesdec), Leandro Picoreli, explica que foram disponibilizadas apenas 50 vagas devido ao espaço e a demanda das Unisp's. Segundo ele, o edital de seleção foi publicado em novembro.

“Cada candidato respondeu a um questionário. As respostas geraram pontuação que serviram como critério de seleção”, acrescentou.

Foram selecionados psicólogos, assistentes sociais, nutricionistas, técnicos administrativos, técnicos de informática e até serviços gerais. De acordo com Leandro Pivoreli, apesar de ser um trabalho voluntário, cada profissional terá que cumprir seis horas diárias, de segunda até sexta-feira, e receberá auxílio de R$ 35 por dia, para alimentação e transporte.

“O objetivo é inserir a sociedade no problema da segurança pública”, destacou, informando que os trabalhos dos voluntários iniciam nesta quarta-feira (7).

Na solenidade de apresentação dos voluntários, o governador de Rondônia, Confúcio Moura, disse que o projeto é copiado de um programa de ‘voluntários solidários’ de Brasília, mas que tem uma roupagem inteiramente regional.

“É um projeto que foi escrito com apoio de várias pessoas diretamente ligadas à Segurança Pública”, explicou. Segundo ele, o Estado terá uma despesa mensal de R$ 35 mil, “um investimento baixo em comparação aos relevantes serviços à sociedade”, avaliou.

Voluntários
O técnico administrativo Cristian Moura é um dos voluntários. Ele diz que se inscreveu no projeto porque acredita que a sociedade civil organizada, em parceria com o governo do estado, pode fazer mais em prol da ordem e da paz. Ele mora em Candeias do Jamari, região metropolitana de Porto Velho, e vai prestar serviço na Unisp Centro, na Rua Brasília.

Outra voluntária escolhida é a gestora de recursos humanos Elenice Feitosa. Ela diz que o voluntariado, além do bem à sociedade, a ajudará a por em prática o que aprendeu na faculdade, “que é o trabalho humanizado”, explicou. Ela vai trabalhar na Unisp Sul, na área Sul de Porto Velho.


Elisene Pereira de Carvalho Breves, que trabalha com serviços gerais, diz que viu na oportunidade uma chance de trabalhar para o governo e ajudar para o bem comum. Ela vai trabalhar na Unisp Centro, também na capital.

 

 

     

   © Copyright 2009 | 2018    Política de privacidade     Fale conosco  |   Anuncie conosco  |