Equipes da vigilância em saúde realizam mutirão de prevenção a febre maculosa. - NoticiaDaki - Informação de qualidade |

Equipes da vigilância em saúde realizam mutirão de prevenção a febre maculosa.

Ariquemes.ro.gov.br, 24/05/2017 09h32

  Imprimir
 
 (Foto: Reprodução) Ampliar imagem:  (Foto: Reprodução)
Foto: Reprodução

A Febre Maculosa Brasileira (FMB) é uma doença infecciosa, causada por uma bactéria do gênero Rickettsia (Rickettsia rickettsii), transmitida por carrapatos. Os sintomas clínicos podem variar desde as formas leves e atípicas até formas graves, com elevada taxa de letalidade. Entre os principais sintomas estão febre, cefaléia e mialgia intensa e/ou prostração, seguida de exantema máculo-papular, predominantemente nas regiões palmar e plantar, que podem evoluir para petéquias, equimoses e hemorragias.

Em Ariquemes foi registrado um caso da doença em 2016. A Febre Maculosa tem cura, no entanto o tratamento precoce é essencial. Para evitar novos focos, equipes da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSAU) em parceria com a Agência Estadual de Vigilância em Saúde (AGEVISA) começaram uma força tarefa em busca de possíveis focos. A ação de mapeamento é feita tanto na área urbana quanto na área rural.

As amostras colhidas serão enviadas para o laboratório da Fundação Oswaldo Cruz e para o Laboratório Central de Saúde Pública de Rondônia (LACEN-RO), os resultados vão subsidiar as ações a serem tomadas pela secretaria no que diz respeito ao controle do carrapato. De acordo com a Coordenadora da ação em Ariquemes, Sônia Carvalho, algumas medidas simples devem ser tomadas pela população para evitar a proliferação do parasita. “É importante que tanto os animais de estimação, quanto os de lida no campo estejam vacinados e com a devida higienização no pelo em dia, isso evita a infestação dos bichos.” Disse Sônia.

Vale lembrar também a importância de vestimentas adequadas para quem vai ter acesso a campos ou áreas de mata fechada. Calças, camisas de manga cumprida e botinas evitam que o pequeno parasita se instale na pele humana. Em casos de contaminação é importante que o individuo procure uma unidade de saúde para ser avaliado por um profissional.

 

     

   © Copyright 2009 | 2017    Política de privacidade     Fale conosco  |   Anuncie conosco  |