Nove pessoas são presas por torturar moradores em assentamento de RO - NoticiaDaki - Informação de qualidade |

Nove pessoas são presas por torturar moradores em assentamento de RO

Operação Terra Roxa cumpriu mandados em quatro cidade de Rondônia.

G1/RO, 07/02/2017 10h34

  Imprimir
 
 (Foto: G1 Rondônia) Ampliar imagem:  (Foto: G1 Rondônia)
Foto: G1 Rondônia

Nove pessoas foram presas durante a Operação Terra Roxa, deflagrada nesta terça-feira (7) em Ouro Preto do Oeste (RO), a cerca de 340 quilômetros da capital Porto Velho. Conforme a Polícia Civil, o grupo é suspeito de praticar crimes de extorsão, tortura, porte e disparo de arma contra moradores do assentamento Margarida Alves. Dez equipes policiais realizaram buscas, apreensões e prisões em quatro cidades do estado.

Dos dez mandados de prisão, nove foram cumpridos e uma pessoa permanece foragida. De acordo com a Polícia Civil, eles são suspeitos de aterrorizar um grupo de assentados em uma reserva na linha 30 de Nova União, onde mais de 250 famílias trabalham em uma terra de manejo de extração de madeira legalizada.

De acordo com os delegados Roberto dos Santos e Julio Cesar de Souza, a operação foi feita para desarticular a organização criminosa que, segundo as investigações da polícia, tinham interesse em tomar posse da terra.

Para isso, eles espancavam as vítimas, faziam falsas blitz na região para intimidar os moradores e paravam os ônibus que levavam as crianças dos assentados. A investigação aponta que os criminosos chegaram a ir armados em um dos assentamentos.

Cerca de 40 policiais civis participaram da operação, que teve prisões nos municípios de Ouro Preto do Oeste, Urupá (RO), Alvorada do Oeste (RO) e Ariquemes (RO).  Das nove pessoas que foram presas, duas delas são policiais e três já estavam presas, porém, com o prazo da prisão temporária vencendo. Com isso, os delegados pediram pela prisão temporária dos suspeitos.

Conforme a Polícia Civil, as três pessoas presas, um sargento da reserva militar e os dois filhos, foram presos em dezembro de 2016, durante a “Operação Terra Legal”. Para a polícia todos fazem parte da mesma organização criminosa. Na época, foram encontrados com eles munições e armas apreendidas, incluindo um fuzil.

Terra Roxa
Segundo a polícia, "Terra Roxa" era o nome que os integrantes da suposta associação criminosa davam à terra que eles pretendiam tomar para si, dentro do assentamento Margarida Alves, em Ouro Preto do Oeste.

 

     

   © Copyright 2009 | 2017    Política de privacidade     Fale conosco  |   Anuncie conosco  |