Mulher mata o marido durante briga porque ele não deixava ligar a energia - NoticiaDaki - Informação de qualidade |

Mulher mata o marido durante briga porque ele não deixava ligar a energia

G1 - RO, 26/11/2016 10h28

  Imprimir
 
 (Foto: G1- Rondônia) Ampliar imagem:  (Foto: G1- Rondônia)
Foto: G1- Rondônia

Um homem de 40 anos morreu com um tiro de espingarda na tarde da última terça-feira (22), durante uma discussão com a esposa. Segundo a mulher, o homem desligou o padrão de energia da casa e não queria que ela religasse para não assistir televisão. O crime ocorreu na residência do casal no Km 37, da Linha MP 3, área rural de Machadinho D’Oeste (RO), município a 340 quilômetros de Porto Velho.

De acordo com a Polícia Militar (PM), a esposa de 22 anos efetuou o disparo após o casal entrar em uma discussão porque o marido não deixava que ela ligasse o padrão de energia do imóvel. A delegada responsável pelo caso, Simone Barbieri, conta que a suspeita relatou que o marido achou que ela queria ligar a energia para assistir televisão, o que deu início a uma discussão entre os dois.

“A vítima estaria doente e anteriormente teria desligado o padrão da energia para repousar. Depois disso a mulher foi até o lado de fora da casa e ativou a energia com o intuito de realizar os serviços domésticos. Descontente com a ação, ele desligou outra vez a eletricidade da casa e o casal começou a discutir”, comenta.Conforme Barbieri, a mulher comentou que durante a discussão o marido teria desferido um golpe de madeira contra ela, porém o objeto não foi encontrado. “Após perceber que o marido estava com o comportamento alterado, ela ficou com medo e correu até o interior da residência para pegar uma espingarda que havia no loca”, explica a delegada.

Entretanto, o homem segurou a mão dela para tentar recuperar a arma. Em meio à discussão, a esposa acabou efetuando um disparo contra o homem e depois correu até a casa do irmão onde acionou a polícia, mas não souber informar se a vítima ainda estaria viva. O Serviço de Atendimento Médico de Urgência foi solicitado, mas ao chegar no local constatou que o homem estava morto.

A perícia técnica compareceu na propriedade rural e encontrou a espingarda de calibre 36 utilizada no crime e uma sacola plástica com quatro cartuchos de calibre 36 intactos. Após os trabalhos que devem auxiliar na investigação criminal, o corpo da vítima foi liberado a uma funerária de plantão.

A mulher foi presa em flagrante e encaminhada até a Delegacia de Polícia Civil, onde uma testemunha relatou as brigas entre o casal eram constantes. Depois de prestar depoimento, a infratora foi encaminhada até Casa de Detenção de Machadinho D’Oeste e está a disposição da Justiça.

 

     

   © Copyright 2009 | 2017    Política de privacidade     Fale conosco  |   Anuncie conosco  |