Após votar contra Padre Franco, vereadora de Cacoal pode ser expulsa do PT - NoticiaDaki - Informação de qualidade |

Após votar contra Padre Franco, vereadora de Cacoal pode ser expulsa do PT

RO Dinâmica, 18/05/2015 23h27

  Imprimir
 
A vereadora petista de Cacoal Maria Simões falou abertamente sobre a possibilidade de ser expulsa do PT (Foto: Reprodução) Ampliar imagem: A vereadora petista de Cacoal Maria Simões falou abertamente sobre a possibilidade de ser expulsa do PT (Foto: Reprodução)
A vereadora petista de Cacoal Maria Simões falou abertamente sobre a possibilidade de ser expulsa do PT - Foto: Reprodução

Porto Velho, RO – A vereadora petista de Cacoal Maria Simões falou abertamente sobre a possibilidade de ser expulsa do PT após ter votado contra decisão da legenda ao se posicionar favoravelmente à instalação da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que deveria averiguar possíveis crimes na prefeitura.

Ela explicou que o filiado Denilson Martins, assessor especial do prefeito Padre Franco e que estaria envolvido nos desdobramentos da Operação Detalhe, apresentou há alguns meses um pedido de punição severa por conta desse posicionamento.

Além dela, a punição também deveria atingir Valter Pires, porque assim como Simões votou contra a determinação da sigla trabalhista.

“O presidente do PT José Ilson, ao ter o relatório finalizado pela Comissão de Ética, me convocou pessoalmente na última terça feira, 12 de maio, para uma reunião onde eu deveria ser informada oficialmente sobre a punição junto com o colega de partido e de Câmara, Valter Pires. Ocorre que o presidente não compareceu e a reunião foi automaticamente cancelada”, relatou.

Em seguida explicou:

“Eu compareci a reunião para saber qual seria a minha punição por ter contribuído para botar na cadeia uma quadrilha que estava instaurada na Prefeitura de Cacoal. Se era expulsão ou outras punições, eu não sei. Até porque seria nessa reunião que seria informada. Espero que o presidente agilize e convoque outro encontro para que possamos resolver esse assunto de uma vez por todas”, disse a vereadora.

Por fim, Maria lamentou o fato de que o partido ainda não tenha emitido nenhuma nota sobre a Operação Detalhe.

“Lamento o silêncio do partido sobre a operação. Em outra época, o PT estaria agindo diferente, realmente parece que o partido mudou. E isso é lamentável...”, concluiu.

 

     

   © Copyright 2009 | 2017    Política de privacidade     Fale conosco  |   Anuncie conosco  |