Cacaulândia: Profissionais da educação avançam em negociações de adequação do PCCS - NoticiaDaki - Informação de qualidade |

Cacaulândia: Profissionais da educação avançam em negociações de adequação do PCCS

No último dia 27, os representantes do SINTERO Regional e Local, estiveram em assembleia

Diariodaki, 06/03/2014 16h47

  Imprimir
 
Dentro das principais adequações do plano de carreira dos servidores, já aceito pelo executivo (Foto: Diariodaki) Ampliar imagem: Dentro das principais adequações do plano de carreira dos servidores, já aceito pelo executivo (Foto: Diariodaki)
Dentro das principais adequações do plano de carreira dos servidores, já aceito pelo executivo - Foto: Diariodaki

No último dia 27, os representantes do SINTERO Regional e Local, estiveram em assembleia juntamente com todos os profissionais da educação na Escola Nelso Alquieri, onde foram apresentados os últimos informes da negociação com o executivo.

Dentro das principais adequações do plano de carreira dos servidores, já aceito pelo executivo e a secretaria municipal de educação, estão o cumprimento da Lei Federal do Piso Salarial de 2014; carga horaria de 17 aulas em sala, 03 horas de planejamento assistido e 5 horas independente; Gratificação de pós-graduação de 15%; gratificação de alfabetização do 1º ao 3º ano; Escola com mais de 400 alunos direito a vice-diretor, (antes era de 500) e diferença salarial de 20% do professor graduado para o magistério.
  Para a categoria a perda foi da gratificação de difícil acesso para os professores que dão aulas nas escolas polos, que segundo o secretário Herlan Gambarini, não poderia conceder essa gratificação sem tirar outra.

Contudo a maioria dos profissionais considerou um avanço na luta pela valorização profissional. Os servidores de apoio se demonstraram insatisfeito, pois buscavam assegurar o horário corrido de 6 horas de trabalho. De acordo com o Reinaldo, não conseguimos tudo que queríamos, mas já é um avanço, e em outro momento conseguiremos melhor cada vez mais o plano de carreira.

Todos os vereadores que estavam presentes na reunião declararam apoio à classe, e discursaram e aprovar o que for de interesse da Categoria. Estiveram presente o presidente da Câmara Genê Falcão, Aladir Izidoro, Jozivaldo, Neuzinha e Paula do PT.
O plano voltara para a analise do executivo com algumas observações, com o acréscimo de um paragrafo que assegura o servidor que ao aderir o novo plano não tenha prejuízo salarial, principalmente aqueles que recebiam gratificação de difícil acesso, e voltará novamente para o SINTERO conferir e logo em seguida o prefeito encaminhará para a câmara de leis para votação do plano. Dentro de um prazo de quinze dias devem ocorrer essas tramitações.

 

     

   © Copyright 2009 | 2017    Política de privacidade     Fale conosco  |   Anuncie conosco  |